sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Peça: O Absurdo Nosso de Cada Dia

Oi, galera. Já mencionei aqui no blog que eu faço Teatro, o que acontece é que há algumas semanas, o meu grupo e eu apresentamos uma peça, então resolvi compartilhar a minha experiência com vocês (: Como trabalhamos durante todo o ano sobre o Absurdo, reunimos todo o conhecimento e mostramos para a galera.
Eram 50 atores ao todo em 16 cenas, todas reunidas em 3 Atos. No início, uma voz off recitava uma das partes de "O Guia do Mochileiro das Galáxias" como introdução, logo após todo o elenco saía das entradas e invadia a plateia, interagindo com ela, seja tirando selfies, fazendo perguntas inconvenientes ou até mesmo os confundindo com famosos. 
Após a interação, nos reunimos no palco e recitamos a música O Buraco no Espelho (que é pra lá de macabra haha) e a partir daí, começaram as cenas. O Primeiro Ato continha cenas mais clássicas, sendo algumas destas adaptadas. A maioria falava sobre censura e sobre como ela existe na sociedade, sendo explícita ou não.
A Segunda parte da apresentação continha cenas originais, que tratavam de diálogos que pareciam não ter sentido, serem ABSURDOS, mas se você prestasse atenção, possuíam verdades não tão óbvias. E o Terceiro e último ato (meu favorito!) era mais voltado para o humor, mais no estilo de esquetes como Porta dos Fundos mesmo.
Eu sou a terceira. E não sou tão feia assim, tá? haha. Era uma careta.
E por fim, encerramos com uma música tema de um dos filmes do grupo de comédia Monty Phyton "Olhe Sempre o Lado Bom da Vida". A maquiagem era expressionista (do tipo bem pálida com olheiras) e o figurino eram roupas pretas mesmo, tudo bem básico haha. 
Agora, vou falar sobre a minha experiência. Essa é apenas a segunda peça da qual fiz parte, então eu só havia subido no palco uma vez na minha vida, portanto a sensação desta vez foi completamente diferente.

Ao contrário da peça do ano passado, que era sobre o natal (falando nisso, iremos apresentá-la novamente semana que vem!), onde eu tinha um personagem fixo que entrava, saía e nunca mais voltava em cena, na apresentação dessa peça, eu entrava, saía e voltava novamente para o palco. 

Muita gente pode não estar entendendo o que eu estou falando, mas digamos que a sensação é completamente diferente. Eu e os meus colegas tínhamos mais de uma chance de dar o nosso melhor, ou seja, se algo desse errado em alguma das cenas, podíamos recompensar em outras. 
Enfim, apesar de algumas coisas serem diferentes, o frio na barriga e a ansiedade foram o mesmo. Mas isso é bom, dizem que essas sensações só mostram que você se importa com o que está fazendo. Parece que o coração vai saltar pela boca, mas quando as cortinas se fecham, o alívio e a sensação de dever cumprido toma conta de todos nós! 

Bom, espero que vocês tenham gostado das fotos e da minha experiência (: Quero agradecer a fofa da Lilly do Julieta em Paris, por ter ido lá conferir de pertinho a peça. Thanks de Coração <3 
Até um próximo post, gente!

Fotos: Palácio das Artes de Praia Grande.

2 comentários:

  1. Poxa, eu que tenho que agradecer por ter me convidado :D Já falei o quanto gostei da peça? Acho que sim, mas não custa dizer (ou melhor, escrever) mais uma vez: foi incrível!

    Os três atos foram ótimos, o primeiro e o segundo me fizeram refletir MUITO, mas meu favorito também foi o terceiro. E a cena do assalto foi hilária, nunca vou esquecer hahahaha

    Espero que vocês continuem sempre sempre sempre fazendo esse trabalho bacana, encantando as pessoas com todo esse talento e recebendo aplausos de cada pessoa que estava na plateia. Parabéns! E parabéns também pela peça "Uma Canção de Natal", foi igualmente maravilhosa (não dá pra dizer qual foi melhor, eu adorei as duas kk).

    Beijinhos e sucesso pra você, que te ver em muitas outras peças ano que vem *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por ter ido novamente ((: Fico feliz que tenha gostado, porque nós (os atores e eu) amamos subir naquele palco. Ah, também não consigo escolher a mais legal de fazer, as duas tem suas particularidades. Espero continuar fazendo mais peças, as quais você está mais que convidada haha. Obrigada de novo <3

      Excluir

Pode comentar que eu não mordo :P

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...