quinta-feira, 17 de julho de 2014

Férias: Parque do Ibirapuera e os Maias

Domingo passado fui a São Paulo, precisamente, o Parque do Ibirapuera. Já conhecia o lugar, mas em todas as vezes que eu havia estado lá, o tempo não estava muito legal, ou seja, as fotos nunca ficavam muito boas. Mas dessa vez, o céu estava bem azul, para a minha alegria kk :)

Fui ao Parque com o objetivo de ver várias exposições nos museus que existem por lá. Como conseguir visitar alguns lugares interessantes, resolvi compartilhar com vocês. Ah, uma dica: nos domingos, a entrada é gratuita (Acredito que isso seja válido para todos os museus do parque).

O Parque
Como era domingo, o parque estava lotado. De manhã, tinha muita gente correndo e praticando atividades físicas. E de tarde, vi muitas famílias jogando frisbee, fazendo piquenique, crianças e adolescentes andando de skate e patins. Entendi que o Parque do Ibirapuera é como se fosse uma praia (sem mar) para o paulistano. 

Ah, e os museus. Como eu estava "hospedada" na casa das minhas primas, em outra cidade, levantei bem mais cedo para ir a cidade. Mas agora vejo que tive sorte, já que desse jeito, não peguei nenhuma fila para as exposições e muito menos, para comer. 

Fui almoçar num restaurante por kilo, e a comida estava maravilhosa *-* (Gorda). Outra coisa, se você não for que nem eu, e souber andar de bicicleta (pois é), pode alugar algumas bikes e se perder nesse labirinto verde.

Exposição Maia (Maya)
A exposição sobre os Maias ocorreu na Oca, ocupando toda a parte subterrânea. Eu nunca havia ido lá, e achei o lugar incrível. Bom, sobre a exposição, ela foi dividida em 8 setores, abordando diversos tópicos da civilização Maia: Hierarquia, Astrologia, Cotidiano, Rituais, e muitos outros. 

Além de nos contar a história através de painéis, a exposição ainda contava com diversos artefatos, que por si só, já nos davam uma dimensão sobre quão rica era a cultura do povo. E elas ainda eram acompanhadas de explicações sobre cada objeto.
E se alguém tivesse alguma dúvida, era só perguntar para os monitores que eles te responderiam. Havia também a parte interativa, onde você assistia as histórias de descendentes da civilização, ou ainda via como eram as construções em terceira dimensão. 

Não há nenhuma foto da exposição, porque eles não permitiram. Pra quem quiser saber mais, é só clicar aqui.

Gostaram? Como são muitas fotos, decidi dividir tudo em três posts. Amanhã eu continuo mostrando pra vocês, o que eu vi por aí :)

Fotos: Carol Chagas, Camila e Adriana Dalbelo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode comentar que eu não mordo :P

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...