quarta-feira, 7 de setembro de 2016

TOP 5: Filmes Brasileiros

Confesso que por muito tempo mantive um preconceito em relação ao cinema nacional. Influenciada pela mentalidade de que "tudo que é feito por brasileiros é ruim", me perdi no meio de boas e péssimas histórias americanas. 

Essa situação toda mudou de uns dois anos pra cá, quando comecei a "dar uma chance" para os filmes do Brasil. Pra comemorar os meus últimos achadinhos de produções brasileiras e também pra incentivar alguém aí a dar um fim ao mesmo receio que eu tinha, fiz essa lista com os meus 5 filmes favoritos feitos por esse Brazilsão! ♥  

2 Coelhos
Um primo meu sempre me falava desse filme quando me via. Ele me venceu pelo cansaço e eu assisti. Agora eu sou a chata que SEMPRE recomenda "2 Coelhos" pra quem não tiver visto. É você mesmo, se já não viu, vai ver! Tem no Netflix, no youtube, em n links... 

Eu sou fascinada por filmes que não seguem a ordem cronológica normal. O fim no começo, o meio no fim e o começo no meio. Sério, eu amo isso. O narrador e protagonista de 2 Coelhos vai um pouquinho além ao omitir diversos fatos da história. Ou seja, muitos momentos mind blowing no final de tudo. 

Ah, outra coisa fantástica é a edição do filme. Diversos efeitos incríveis são usados para transportar a gente para aquele universo. E quem é fã da banda 30 seconds to mars, vai amar ouvir a "Kings & Queens" em várias cenas legais. Me ajuda te ajudar e assiste esse filme, vai!

Que Horas ela Volta?
Esse filme ficou bem famosinho por ir para a pré-lista de indicados ao Óscar de melhor filme estrangeiro. Ele acabou não entrando nas indicações oficiais, mas ganhou uma baita relevância dentro e fora do Brasil. 

"Que Horas ela Volta?" conta a história de uma empregada (interpretada pela MARAVILHOSA RAINHA Regina Casé) de uma família que recebe sua filha questionadora (interpretada pela também incrível Camila Márdila) na casa dos patrões. 

O mais legal do filme é ver o quanto ele é fiel á realidade da nossa sociedade brasileira. Ele fala sobre preconceitos e tabus que seguimos sem nem ao menos nos dar o trabalho de questionar. 

As classes sociais e a desigualdade criaram regras tão invisíveis que estas se tornaram parte de nós. É só assistir que a gente logo se identifica.   

Uma História de Amor e Fúria
Encontrei por acaso a sinopse desse filme em um folhetinho do SESC anos atrás. Acabei assistindo e amando cada pedacinho dele. "Uma História de Amor e Fúria" é uma animação que conta a história do Brasil. 

Isso mesmo, desde o começo (quando os portugueses invadiram a antiga Terra de Santa Cruz e tomaram conta da Terra das Palmeiras que era dos índios) até um futuro distópico (mais precisamente 2096, onde estaríamos vivendo uma crise hídrica). 

Eu adoro o fato de o filme contar toda a história do nosso país ao associá-la a de um casal que tenta ficar juntos há 536 anos. De uma forma ou de outra, eles sempre acabam morrendo e ressuscitando em uma fase diferente do Brasil. 

Os protagonistas são dublados pela Camila Pitanga e pelo Selton Mello. Todo mundo que odeia História na escola deveria assistir esse filme e entender o lema pra lá de verdadeiro que ele deixa "Viver sem conhecer o passado é como andar no escuro".

Hoje eu Quero Voltar Sozinho
O curta "Hoje eu não quero voltar sozinho" foi transformado em um longa justamente pelo sucesso que o primeiro obteve em festivais e depois entre o público brasileiro. Só assisti aos dois esse ano e confesso que amei ambos (o curta foi o meu favorito)! 

O filme conta a história de um deficiente visual que em meio ás dificuldades de sua deficiência e da adolescência em si, acaba se apaixonando pelo seu novo amigo. "Hoje eu quero voltar sozinho" é maravilhoso! 

Seja pela simplicidade com que o amor é retratado ou pela naturalidade demonstrada nele, do jeito que esse sentimento tão bonito acontece. Não importando o gênero, a cor ou classe social. 

A atuação do elenco também é impagável, já que o trio de protagonistas transita muito bem entre a comédia (palmas para a atriz Tess Amorim! pf) e o drama. A trilha sonora é incrível e combina perfeitamente com a trama e os diálogo são muito bem construídos. 

Ainda gosto mais do curta, mas ambas produções são gostosas de assistir. Ah, e a mensagem no trocadilho da deficiência do menino em relação ao amor (o sentimento seria cego) é pra lá de reflexiva. Assista e se apaixone tanto quanto eu! ♥   

O Lobo atrás da Porta
Eu sempre ouvi falar bem desse filme, muita gente me indicava, mas eu nunca parava pra assistir. Acabei me rendendo e fiquei chocada ao terminá-lo. Não vou mentir, "O Lobo atrás da Porta" é um filme pesado. Principalmente se você for mulher. 

Na história, uma criança é sequestrada e o delegado começa investigar seus pais á procura de pistas. Não posso revelar mais nada sobre o enredo, apenas posso dizer que adorei o fato de que a verdade demora vir á tona devido á omissão de vários personagens. Foi interessante ver o ponto de vista de cada um filme (pelo menos os 3 principais). 

É engraçado como a verdade muda de acordo com o ângulo observado. Outro fato bacana foi ao reparar na primeira cena de cada ator, inicialmente eles eram filmados de costas, quase como se todos fossem suspeitos pelo crime e apenas depois de um tempo, seus rostos apareciam. Assistam e me chamem para discutirmos esse filme pf! 




E aí gostaram das indicações? Me fala um filme que faltou na lista! 

Até um próximo post!

Fotos: Google Imagens

Follow my blog with Bloglovin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode comentar que eu não mordo :P

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...