Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2014

TAG: Minha história em 10 músicas

A Playlist dessa semana vai ser um pouco diferente. Bom, como é a última do ano, ela tem que ser especial. Há um mês atrás, vi no blog Depois dos Quinze a TAG: "Minha História em 10 Músicas" e resolvi participar, já que amo TAGS, ainda mais esta que é relacionada a música.
Funciona assim, as 10 frases abaixo precisam ser respondidas com o nome de uma música, e o porquê dessa música ser relacionada com a frase. Achei legal a ideia, porque todos nós (pelo menos eu haha) ouvimos música o tempo todo e, consequentemente, temos uma trilha para cada momento de nossas vidas. 
É incrível como a gente passa a se conhecer um pouquinho melhor depois dessa lista. Espero que vocês gostem! Sintam-se livres para participarem da TAG, só deixem o link nos comentários, para eu dar uma olhada nas músicas de vocês :)

Uma música que te lembre um momento bom: We Are Young - Fun Quando estava no último ano do Ensino Médio, me viciei nessa música. De alguma maneira, a letra fazia completo sentido para m…

A Última Crônica de 2014

É engraçado como ás vezes, a gente só quer que o tempo passe rápido. E para nossa infelicidade, quando isso acontece, ele dura uma eternidade. Ele só desaparece sob nossos dedos, quando já não o notamos. O fato de o tempo ser relativo é uma das maiores curiosidades da vida.
2014 foi um dos anos que mais me fez aproveitar as horas de cada dia. A quantidade de coisas para fazer aumentou e eu simplesmente passei a aproveitar cada segundo em que estivesse livre, quase como se estivesse correndo contra os ponteiros do relógio. 
Em meio a tantas selfies, a minha face estava mais parecida com a daqueles rostos que fogem de desastres naturais. Consegui manter a promessa de continuar com o blog (mesmo diminuindo a quantidade de posts :/ ), passei no primeiro ano da faculdade e continuo estudando para o vestibular (se você não entendeu, não se preocupe, a história é longa e será contada em outro post), além de continuar trabalhando. 
Ufa! Como fiquei acostumada a fazer muita coisa ao mesmo tempo n…

Descobertas Musicais de 2014

O ano de 2014 foi importante para mim, principalmente no quesito musical. Sempre fui bem fechada no meu mundinho, ouvindo as mesmas bandas, o mesmo estilo, enfim, nunca mudava. 
E foi justamente durante este ano, que eu conheci tantas bandas/cantores legais, saí da minha zona de conforto (que era o pop) e passei a valorizar músicas que não são tão conhecidas assim. 
Além disso, descobri que eu gosto de estilos musicais que eu pensei que nunca ouviria e julgava muito os que o faziam. Devo isso em parte ao blog, já que como eu tinha o compromisso de fazer uma Playlist por semana, precisava encontrar músicas que eu não conhecia. 
E os responsáveis por eu ter encontrado tanta coisa legal na internet são o Rdio e o Superplayer, digamos que eu ouvia a música antes de saber o nome de quem cantava, e isso fazia toda a diferença! 
Pensando em toda essa reflexão de final de ano, resolvi fazer uma lista com as minhas descobertas musicais de 2014, espero que vocês gostem. Que 2015 seja ainda mais rec…

Playlist da Semana: Família

Já aviso, esse post é programado. Eu deveria fazer uma Playlist toda inspirada no Natal, mas para quem gosta, sinto muito, não vai rolar. Eu gosto da data, de verdade. Mas o princípio dela é de que você passe com as pessoas que você realmente conhece, não é?
Mas o que acontece se tem que passá-la com estranhos? Tudo meio que perde o significado. Sinto falta de união, verdadeira alegria entre famílias, espero ter isso no dia de hoje.
Sinto falta dos tempos de infância, onde eu só precisava brincar com outras crianças. Nada de conversas sobre faculdade, emprego e principalmente namorados. Mas acho que família é assim, né? 
Podem ser super diferentes, mas no fundo a base é a mesma. Bom, as músicas dessa Playlist me acompanharam durante a semana. Espero que vocês gostem (: E ah, um ótimo Natal pro cês <3

Avril Lavigne - Mobile Imagine Dragons - GoldMarina and the Diamonds - HappySam Smith - I'm Not The Only OneFall Out Boy - The Kids Aren't AlrightAquilo - HumanFive For Fighting - N…

Sobre Acreditar no Noel

Ás vezes dá uma saudade de quando a gente acreditava que o Papai Noel existia. De algum modo, algum tipo de sentimento era despertado em nós mesmos quando chegava essa época do ano. Era engraçado como a crença nos fazia mais felizes do que a verdade. 
E as crianças que já sabiam dela, se achavam maduras e até mesmo mais inteligentes do que as outras que não sabiam. Tolas eram elas que haviam perdido um precioso tempo em que poderiam estar imersas no espírito de Natal. 
Depois que você cresce, os presentes não te deixam mais tão alegres assim. É quase como se você ainda pudesse escrever uma carta para pedir algo, porém os pedidos de agora não podem vir embrulhados para serem depois colocados debaixo da árvore. É meio complexo pedir algo que depende de você, ou pior, dos outros. 
E se o Natal se tornasse uma data para agradecer e não para pedir? Tenho certeza de que todo mundo tem algo pelo qual seja grato. Por pior que seja sua situação, existe um lado bom nisso tudo. E se você não o está…

TOP 5: Teorias da Conspiração

Há um tempinho atrás, fiz o post "A Verdade Sobre os Desenhos" e, para minha surpresa, a galera da internet adorou! Descobri que não sou a única que AMA uma teoria da conspiração haha. 
Pensando nisso, decidi fazer uma lista com as teorias mais doidas e outras nem tão malucas assim. É engraçado como quando a gente começa a duvidar de algo que é considerado uma verdade absoluta, passamos a questionar sobre o mundo ao nosso redor. Algumas das conspirações abaixo vocês já devem conhecer. Espero que sejam confundidos por elas hehe.
Avril Lavigne
Não sei se essa é tão conhecida assim, mas fiquei sabendo há um tempinho. A teoria diz que a cantora Avril Lavigne teria morrido logo após seu primeiro cd (e sua recente fama no mundo da música). Dizem que ela não teria aguentado a pressão, o que teria feito com que ela cometesse suicídio. 
Depois de sua "morte", Avril teria sido substituída por uma sósia. E para o autor da teoria, isso explicaria as mudanças de estilo e de persona…

Playlist da Semana: E Se?

Já se sentiu como um espectador de sua própria vida? Olhando tudo de fora, como se estivesse acompanhando um filme? Nos últimos dias, tenho me sentido assim. Planos são feitos, encontros marcados e o tempo continua passando.
Ás vezes eu me deparo com algumas situações em que, se uma decisão fosse tomada, poderia mudar todo o percurso da minha vida. É uma projeção, é claro. Mas na minha cabecinha não deixa de ser verdade.
Adoro pensar nos "E Se?". É engraçado como uma frase pode te fazer questionar uma vida inteira. E se você tivesse ido fazer faculdade fora de casa/fazer aquele intercâmbio dos seus sonhos/namorado com sua paixão de infância? Pode ser que tudo fosse diferente. São estes pequenos desvios no nosso caminho que nos levam a experimentar diferentes trajetos. 
Por isso escolher é tão difícil. Muitos podem ver como uma chance para exercer o nosso livre arbítrio, já outros podem enxergar como aquele caminho que não pôde ser seguido. A vida se baseia em uma única questão:…

Verdades Adaptadas

Palavras gravadas no muro. Luzes acesas na cidade. Carro em movimento. Minha cara colada no vidro, espiando o mundo lá fora. Tentando absorver todos os detalhes. Das pessoas e dos lugares. 

Sinto cheiro de chuva (quem dera né?), mas descubro que tudo é fruto da minha - pobre - imaginação. Faço isso de vez em quando. Imagino o que não dá certo na vida real. E o tempo vai passando, fingindo que nem liga para minha existência, sentindo a chuva ou não. 

Cruzo mais uma rua. Procuro a lua em vão, ela deve ter pedido licença enquanto eu não estava olhando. Sinto a brisa novamente, mas desta vez é o verão batendo na minha porta. Será que ele será doce como a Primavera ou desagradável como o Inverno? 

Encontro a lua. Que mais parece um rabisco fosco de luz aos meus olhos desgarrados dos óculos. MEU ÓCULOS. O mar se encontra em equilíbrio com o tempo. E este é preenchido pelo barulho das pessoas. 

Estas estão agrupadas aos montes em mesas de bar. Conversando, se divertindo, criando memórias. O vent…

Peça: O Absurdo Nosso de Cada Dia

Oi, galera. Já mencionei aqui no blog que eu faço Teatro, o que acontece é que há algumas semanas, o meu grupo e eu apresentamos uma peça, então resolvi compartilhar a minha experiência com vocês (: Como trabalhamos durante todo o ano sobre o Absurdo, reunimos todo o conhecimento e mostramos para a galera. Eram 50 atores ao todo em 16 cenas, todas reunidas em 3 Atos. No início, uma voz off recitava uma das partes de "O Guia do Mochileiro das Galáxias" como introdução, logo após todo o elenco saía das entradas e invadia a plateia, interagindo com ela, seja tirando selfies, fazendo perguntas inconvenientes ou até mesmo os confundindo com famosos.  Após a interação, nos reunimos no palco e recitamos a música O Buraco no Espelho (que é pra lá de macabra haha) e a partir daí, começaram as cenas. O Primeiro Ato continha cenas mais clássicas, sendo algumas destas adaptadas. A maioria falava sobre censura e sobre como ela existe na sociedade, sendo explícita ou não. A Segunda parte da …

Playlist da Semana: 50ª

Parece que foi ontem que eu fiz a minha primeira Playlist da Semana (: Só me toquei que 50 semanas haviam se passado, quando olhei a lista no Rdio. Engraçado como eu não idolatro muitas das músicas das quais ouvia nas primeiras semanas. 
Acho que isso acontece com tudo na vida da gente. Quantas vezes você não achou qualquer coisa que tenha escrito e que agora a leu como se fosse a memória de um desconhecido? Muitas vezes me surpreendo quando leio algumas das crônicas daqui, é engraçado como me julgo um ser diferente daquele que escreveu o texto, simplesmente porque o coração não sente mais as mesmas coisas.
É claro que a gente se lembra. Daquilo que viveu, sentiu, sonhou, mas isso não significa que o efeito seja o mesmo, apenas que você reconhece o vestígio daquilo que já foi uma completa fragrância na sua vida. 

Tenho me sentido diferente de qualquer uma das fases pelas quais já passei (e olha que já foram muitas haha). E sei que sempre falo isso. Tenho mania de achar que a garota do pr…

Introvertidos X Extrovertidos

Desde pequena, me considerava uma pessoa extrovertida. Na verdade, eu sempre fui uma das entusiastas da turma, aquela que juntava todas as meninas numa rodinha na hora de comer e sempre falava com os novos alunos. 
É engraçado como conforme eu me recordo dessas memórias,  é quase como se fosse outra pessoa. Outra Alice. Já gostava de músicas deprês naquela época, porém a maioria eram de High School Musical e RBD (Não tenho vergonha do meu passado musical hehe).
Hoje em dia, morro de vergonha de olhar nos olhos das pessoas (não me perguntem o porquê) e não consigo me imaginar conversando com alguém novo na sala de aula. De verdade, eu não sei o que aconteceu no percurso entre aquela garota que queria ser líder e esta agora que detesta ser notada.
Agora, me considero com todas as letras uma pessoa introvertida. Fui consultar meu psicólogo (Google) sobre pessoas que eram extrovertidas e se tornaram introvertidas. E foi aí que eu me surpreendi, não havia nenhuma informação. Apenas casos de p…

Playlist da Semana: Importância

É estranho como em meio a tantas coisas que se julgam super importantes em nossa vida, acabamos deixando coisas que são realmente necessárias de lado. Desde a refletir sobre você mesmo a passar um tempo relativamente bom com a sua família.

Só passa pela nossa cabeça o que a gente não fez, não aproveitou, quando uma situação difícil nos obriga a parar e pensar. Em como sempre empurramos tudo para o fim de semana seguinte com a barriga, ou até mesmo inventamos desculpas para os outros, que servem mais para nós mesmos.

A questão é: Você vai esperar a vida te obrigar a refleti-la para perceber o que realmente vale a pena? Ou vai separar uma meia hora do seu tempo precioso para testar sua visão, sua audição e até mesmo os seus pensamentos? 

Com tantas coisas para se fazer, tantos lugares para ir e tantas pessoas para conhecer, acabamos nos esquecendo que a única coisa que realmente importa e existe pra sempre, somos nós, nossa consciência, nossa alma. Você pode dedicar um tempo a ela? Espero …

Temporal

Oi, gente. No vídeo que eu fiz para responder as perguntas da TAG, deixei escapar que estava com um sério (nem tanto) bloqueio criativo. No último mês, aconteceram muitas e poucas coisas ao mesmo tempo. Parece papo de maluco, mas eu explico. 
É tipo a chuva durante o mês, sabe? Passam-se meses sem uma única gota, mas de repente um temporal ocorre e vira tópico de notícia em todos os jornais. O que acontece é que esse temporal, na maioria das vezes, deixa feridos pelo caminho.
Digamos que tenha rolado uma tempestade, já aviso que não houveram feridos. Mas mesmo assim, a sensação incômoda chegou para ficar. Mesmo que ela já tenha passado, a seca trouxe a solidão. E com ela vieram pensamentos não muito legais, que felizmente parecem estar se afastando aos poucos. Acho que irá chover daqui alguns dias.
Talvez eu esteja me autossabotando (falarei sobre isso em algum post). Não sei se vocês sabem, mas sabe do que eu morro de medo? Da felicidade! Sim, parece imbecil dizer isso, mas é a mais pur…