segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

O Poder do Caos


Sabe quando tudo está uma bagunça? Quando você até quer colocar as coisas em ordem, mas a preguiça te vence e você fica só observando, vendo se algo acontece e se a bagunça se resolve sozinha pra você.

Algumas coisas podem até voltar ao normal, mas é como se você não fosse o mesmo de antes de elas terem saído do lugar delas, pra começar. Talvez a maior bagunça existente more dentro de nossa própria mente. E digamos que seja mais difícil de arrumá-la quando só podemos senti-la.

Os sentimentos são como um emaranhado de fios, você não sabe onde um começa e o outro termina. O perigoso de tentar separá-los é não saber qual é o mais importante. Dá um medo de perder algum que seja essencial para uma função que você nem ao menos conhece ainda.

Se sentimentos são como fios, relacionamentos são como a caixa que os contém. A origem dos problemas, como costumo chamar. Ela despretensiosamente guarda e registra tudo aquilo que acontece.

Só que ás vezes não percebemos que algumas coisas não merecem ser guardadas, mas sim esquecidas. Por isso uma limpeza ajuda a diminuí-las e a aliviar o peso, sabe? Tem momentos que a caixa se torna tão pesada que quase possui vida própria.

Eu diria que estes sentimentos se arquivados indevidamente podem se tornar verdadeiros monstrinhos, que são seres ansiosos e precipitados. Além de serem extremamente contagiosos. Eles se propagam com a rapidez de um impulso. Um pensamento e BAM, você está contaminado.

Mas é claro que nessa bagunça não existem apenas coisas ruins. Esses monstrinhos possuem irmãos mais velhos (e mais sábios) que refletem a calma e a paciência. Eu não os chamaria de anjinhos, já que eles também erram.

Sua maior diferença em relação aos seus irmãos menores é a maneira com que lidam com as dificuldades da vida. São seres iluminados e que, para nossa infelicidade, não são muito contagiosos. É preciso esforço para consegui-los. E olha, não é uma tarefa fácil não. Mas quem os conquistou garante que vale a pena.

Texto: Carol Chagas
Foto: We Heart It

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode comentar que eu não mordo :P

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...