sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Filmes que marcaram a minha infância...

Bom, como vocês devem ter percebido, o Dia das Crianças está chegando. E para os adolescentes e adultos, o dia perdeu a magia que costumava ter, afinal, não somos mais crianças (em teoria, ainda sou louca por brigadeiro e cama elástica! haha).

Pensando em uma forma de reviver a minha infância, construí uma máquina do tempo fiz uma lista de filmes que mais me marcaram nesse tempo tão bom e colorido das nossas vidas. 

Provavelmente a sua lista vai ser diferente da minha, principalmente se você não nasceu nos anos 90. Mas vale a pena fazer você listar os filmes que mais te marcaram também. Espero que vocês gostem.

Lua de Cristal
Eu sei que o filme é da Xuxa. Mas atire a primeira pedra quem nunca cantou/dançou ilariê. Então, não me julguem, ok? No filme, Maria (Xuxa) é uma garota simples que sonha em ser cantora e por isso se muda para a capital, onde vai morar com sua tia e primos. 

O que ela não esperava é que eles fossem tão ruins e criassem tantos obstáculos em sua vida. Mesmo o filme sendo bem bobinho, eu curtia na época. E ele traz uma mensagem legal para as crianças, servindo de incentivo para que elas corram atrás dos seus sonhos. 

É claro que na vida real é mais difícil e seu par romântico não é o Sérgio Malandro (RISOS). Mas mesmo assim, é uma história que marcou a minha infância.

O Máskara
Preciso confessar: Eu AMO o Jim Carrey e talvez o amor tenha começado neste filme. Eu adoro a história, do início ao fim. Stanley (Jim C.) trabalha em um banco e é bem desajeitado e tímido, até que encontra uma máscara que lhe dá o poder de se tornar O Máskara, um sujeito verde que faz tudo o que Stanley não tem coragem de fazer. 

O que posso dizer? O filme é hilário, tem uma história legal e até algumas cenas musicais. Além de acompanharmos a atuação incrível de Jim Carrey, mostrando o antes e o depois da máscara. 

Os efeitos também são inovadores para época. Ah, e a Cameron Diaz se destaca, já que este filme foi feito no começo de sua carreira. Enfim, um bom filme para se lembrar da infância.

Velocidade Máxima
Eu sempre adorei filmes de ação/suspense, ainda mais quando estes eram ligados com algum tipo de acidente ou assassino perigoso. Em Velocidade Máxima, um psicopata coloca uma bomba em um ônibus e faz com que ela seja acionada se o veículo parar. 

E é nesse momento que um policial (Keanu Reeves) entra no ônibus e explica a situação, enquanto os outros policiais tentam encontrar uma maneira de desarmar a bomba. 

O filme é super tenso do início ao fim, e é isso que te prende, além de ter ótimos diálogos, sendo alguns até engraçados. E ele ainda conta com a incrível Sandra Bullock!

Matilda
Matilda é um dos filmes mais inspiradores que eu já vi. Nele, a menina de 6 anos é uma garota brilhante que se torna independente, já que seus pais não dão atenção a ela e simplesmente ignoram sua existência. 

Estando sozinha, ela acaba se tornando íntima da biblioteca e aprende com os livros. Em meio a esse aprendizado, ela descobre ter poderes. Tudo muda quando ela finalmente é matriculada na escola. 

Porém esta, é controlada por uma diretora que tortura crianças e é aí que Matilda resolve usar seu poderes para defender seus colegas. Apesar de ser bem legal, o filme tem algumas cenas meio desconfortáveis, no caso das torturas da diretora. 

As Namoradas do Papai
Se eu pudesse, colocaria mais filmes das gêmeas Olsen na lista, mas como ficaria repetitivo, coloquei o que eu mais gostei. Em "As Namoradas do Papai", Amanda é uma garota órfâ, enquanto que Alyssa é filha de um viúvo milionário. 

As duas se conhecem, quando Amanda vai com o orfanato para o acampamento e Alyssa vai passar uns tempos na casa de verão da família. Frustradas com seus próprios problemas, as duas decidem trocar de lugar e se unem para juntar o pai de Alyssa com a responsável pelo orfanato, Diane. 

O filme tem várias cenas memoráveis: a guerra de comida na cafeteria e as mais variadas armações contra a futura madrasta. O filme é incrível, assim como o entrosamento das irmãs.

Esqueceram de Mim
Este filme tem tudo que uma criança adora. Mais um do gênero: As crianças são mais espertas que os adultos. Macaulay Culkin é esquecido em casa pelos pais, após estes ficarem atrapalhados com os preparativos da viagem de férias. 

Ficando sozinho, o garoto precisa aprender a se virar, o que acaba se tornando um desafio, já que dois ladrões tentam assaltar a casa dele. Esse é um dos filmes mais clichês possível. 

E acredito que o carisma do ator, juntamento com a criatividade das armações que ele faz para se livrar dos bandidos fez com que a história se tornasse uma das mais vistas da época. Não tem como não se entreter com a inteligência do menino. 

O Noviço Rebelde
Eu comemorava quando passava algum filme do Didi na sessão da tarde. E este era um dos meus favoritos, porque além do Didi, Sandy & Júnior também participavam. A história juntava tudo que eu mais gostava: as palhaçadas de Renato Aragão, cenas musicais e praia!

Tinha uma certa fixação para que aparecessem piscinas em filmes, séries. Vai entender. Em "O Noviço Rebelde", Didi é um noviço, que tem sua igrejinha destruída em um temporal, e com isso nasce o sonho de arrecadar o dinheiro para reconstruir a paróquia, porém ele é obrigado a fugir da cidade, devido a um coronel que o persegue. 

E é aí que ele vai ao Rio de Janeiro e passa a tomar conta desses pestinhas. É uma clara referência ao filme Noviça Rebelde e tem muitas cenas memoráveis.




Bom, eu poderia continuar a lista, já que existem muitos filmes. Mas o post se tornaria longo e sem sentido. Se sintam livres para comentar á respeito dos seus filmes favoritos. Espero que vocês tenham gostado e se lembrado da infância de vocês. Afinal, só se é criança uma vez na vida. Um ótimo Dia das Crianças :)

Fotos: Google Imagens + We Heart It.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode comentar que eu não mordo :P

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...