Pular para o conteúdo principal

Awesome do Mês: Março

Eu sei que sumi do blog, do youtube e das redes sociais. Sei também que esse post era pra ter sido postado bem no comecinho do mês. Eu sei de tudo isso. Acho que dessa vez, não posso culpar o bloqueio criativo. 

O probleminha foi a minha mudança. Pra quem não sabe, depois de um 2015 dedicado ao vestibular, acabei passando em uma faculdade pública pra fazer um curso que eu realmente gosto (Publicidade ♥). Só tinha uma coisinha: a universidade fica no interior do Paraná e eu morava no litoral paulista. 

Como não quis desperdiçar essa chance, acabei me mudando. O que eu não esperava era que essa mudança desse tanto trabalho. Na minha cabeça era só pegar uma malinha com minhas roupas e ir embora. 

Mas não foi tão fácil assim: tive que comprar móveis, procurar apartamento pra alugar, mudar o número do meu celular, ver o que eu iria levar na mala e até transferir meu convênio para outro estado (fico imaginando como as pessoas conseguem mudar de país). 

Confesso que não dei conta de todas essas coisas sozinha, contei com a ajuda gigante dos meus pais. Eu não teria conseguido me mudar se não fosse por eles. Sério mesmo. Ao final de tudo, eu só queria ir logo para a cidade pra não ter que falar mais sobre mudança haha. E bem no dia 31, enfim me mudei :) 


Durante o mês de Março, fiz um post com os melhores filmes do Léozin (que ganhou um Óscar em fevereiro), uma crônica de despedida e falei sobre o clássico filme "Bonequinha de Luxo". No instagram do blog, resolvi deixar a vergonha de lado e comecei a postar uns videozinhos cantando :)


Links
Foto: We Heart It
Quando mulheres se atrevem a serem livres
25 Expressions you should have in your vocabulary
Medo de Gente Grande
Por que eu não sou feminista?
A Game that Will Improve Any Relationship
O Curriculum Vitae morreu: o que funciona então?
On Changing Dreams
Por que parei de tomar anticoncepcional?
Segredos que o RH não conta para você
What Jane Austen Taught me About Being Single with Purpose
Descubra por que os alunos nas escolas e os funcionários nas empresas não estão nem aí
Algumas Coisas Precisam Desmoronar para Abrir Caminho para Coisas Melhores
8 Signs of a Successful Life that Have Nothing to do with Money or Fame
Resolução de Ano Novo: Maturidade Emocional

Youtube
Filmes Sobre Homossexualidade
Menos Culpa, mais Parabéns
Hábitos Brasileiros que Deveriam Ser Exportados para os EUA
A História da Nossa Amizade (com LubaTV)
Cristina Ramos - Got Talent España

Raíza - Dare
Estava distraída com a tv ligada, até que uma música despertou minha atenção. Era o comercial da C&A. Aquele que propõe a ideia de que as roupas não têm gênero, sabe? Além da propaganda ser incrível, a música também conquista a gente. 

Descobri que é a Raíza que canta "Dare". Quem quiser fazer download dela, é só ir ao site da C&A e quem ainda não viu o comercial, pode vê-lo aqui

Tiago Iorc - Amor Sem Onde
Em Março, Tiago Iorc lançou um EP "Sigo de Volta" com três faixas maravilhosas ♥ A música "Amor Sem Onde" foi a que eu mais me identifiquei, já que quando a ouvi, estava prestes a me mudar. Palmas pra sutilidade da melodia e letra. Pra ouvir o EP todo, é só clicar aqui

Ariana Grande - Dangerous Woman
Um amigo meu me mandou ouvir "Dangerous Woman". Confesso que na hora torci o nariz, já que não sou super fã de suas músicas, mas acabei me surpreendendo. A voz da cantora está incrível (como sempre), mas a canção em si tem algo de diferente. 

Um estilo mais maduro, uma produção maior no som. Acabou fazendo toda diferença pra mim :)

A Banda Mais Bonita da Cidade - Oração
No finalzinho da festa de formatura da minha prima, essa música acima tocou. Ela me pareceu tão perfeita no momento que acabei indo procurá-la na internet (sim, a música é antiga e eu não sou antenada). 

Mesmo depois de quase um mês, eu ainda a escuto e fico toda boba. "Oração" é o tipo de música que deixa seu coração mais leve e ao mesmo tempo mais cheio. Só ouve que você vai me entender. 

Clippings.me
Enquanto passeava por diversos blogs, encontrei um que se destacou: o Aleatória. Além do site em si, acabei amando a dica de uma das autoras. Quem aí escreve ou faz alguma faculdade que tem a ver com escrita, sabe como é difícil encontrar uma plataforma pra fazer portfólios de textos

Então, quando a Thaynara Oliveira indicou o Clippings.me, foi amor á primeira vista. Eu já me cadastrei, quem ficou afim, é só clicar aqui

Change.org
Se você sempre quis lutar por uma causa, fazer petições, mas não sabe como, vai adorar esse site. O Change.org é uma plataforma incrível pra você colher assinaturas em pró de um objetivo. 

Ela é organizada, informativa e torna o engajamento mais prático. Pra conhecer o site, é só clicar aqui

The Nostalgia Machine
Sdds 2010.
Sabe quando bate aquela saudade específica de um ano da música? Então, em vez de sair procurando pela internet afora TUDO que foi lançado no ano X, você pode simplesmente acessar o site "The Nostalgia Machine". 

É só escolher qual data você quer (eles possuem dos anos 60 em frente) e ser feliz com a nostalgia musical. Pra voltar no tempo da música, é só clicar aqui :)

Então, é isso. Me desculpem pelo atraso (mais uma vez). Espero que vocês tenham gostado do post <3

Fotos: Google Imagens

Follow my blog with Bloglovin

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trilha Sonora: Simplesmente Acontece

Não sei se vocês perceberam, mas eu meio que amei o filme Love, Rosie (Sim, prefiro o título original). Mesmo já tendo feito um post sobre ele, não pude deixar de comentar a Trilha Sonora. 
A história se passa durante muitos anos e a música evolui com ela. Nem preciso dizer que achei esse fato fantástico. Além disso, os nomes variam entre artistas famosos como Beyoncé a outros não tão conhecidos assim, mas incríveis igualmente. 
Ah, tem até composição instrumental, que super combina com os momentos das cenas. Resolvi escolher as minhas favoritas e colocar aí embaixo para vocês ouvirem e amarem tanto quanto eu estou amando (: 

Algumas delas você só vai gostar mesmo se assistir o filme haha (já falei como é bom lembrar de uma cena ao ouvir uma música). 

Lily Allen - Littlest Things
Elliott Smith - Son of Sam

Lily Allen - Fuck You

Kodaline - High Hopes
KT Tunstall - Suddenly I See
Beyoncé - Crazy in Love Gilbert O' Sullivan - Alone Again (Naturally)
Mimi & The Mad Noise Factory - Get Me Bac…

Os Signos dos Cantores

Música é uma das melhores coisas da minha vida e acredito que na de muita gente também. Ela está presente em diversos lugares e nas mais diversas línguas, mas na última semana ela está ainda mais em evidência aqui no Brasil. Sim, estou falando do Rock in Rio ♥ 
Inspirada nessa vibe musical, decidi fazer um post sobre os cantores, mas de um jeitinho diferente. Quem me conhece, sabe que eu amo astrologia e, geralmente, acho alguma semelhança entre pessoas do mesmo signo. 
Então, para celebrar a minha mania de procurar o aniversário dos cantores, resolvi reunir muitos deles em um post :) Lembrando que podem existir diferenças nos perfis que eu descrevi, dependendo do ascendente e da posição das casas, okay? Agora vai lá, ler :P
Áries
Os arianos são conhecidos por iniciar, colocar em prática coisas que ainda não foram realizadas. E que, por esse motivo, sempre são lembrados por seus feitos. 

Áries é o tempo de começos e isso fica ainda mais evidente ao observarmos os exemplos de cantores do si…

A Verdade Sobre os Desenhos

Como qualquer criança normal, eu passei minha infância assistindo desenhos (ainda assisto haha). Só que quando a gente cresce, passa prestar mais atenção ainda neles. Outro dia, eu descobri alguns significados ocultos de um desenho que eu assistia, e resolvi pesquisar MAIS sobre outros. Veja abaixo.

7 Monstrinhos O desenho era exibido na Tv Cultura. E quem era fã mesmo, tinha até a música de abertura decorada hehe. Tudo muito lindo, mas e se eu te dissesse que ele era uma crítica contra o nazismo? Isso mesmo. De acordo com algumas teorias, os 7 monstrinhos representariam a visão dos alemães sobre os judeus. 

Eles eram vistos como monstros, possuíam o nariz bem grande, e olha só que coincidência: No campo de concentração, eram identificados por Números. Um dos personagens usava um pijama listrado bem idêntico ao uniforme que os judeus que eram presos tinham que usar, e eles também moravam no sótão (local onde os judeus se escondiam). 
Bob Esponja Para o nosso querido Bob Calça Quadrada, tem…

9 Conselhos para 2019.

Cara eu do futuro,
1. Leve seus sonhos a sério. Os que você encontra quando foge desse plano e os que te tiram o sono de vez em quando. Você não precisa de um grande gesto ou de uma mudança radical pra começar. A constância, das suas ações, é muito mais importante do que a rapidez dos seus resultados. A evolução mora na disciplina e espero que você tenha feito morada nela também.
2. Não volte para a mesma pessoa, para o mesmo lugar ou para qualquer coisa esperando o mesmo sentimento. Não será igual. Então, não espere nada. E se possível, não volte. Rever é bom, mas você e eu sabemos que nós não sabemos lidar muito bem com revivals.
3. Abrace os seus fins. Os sinta e se emocione com cada um deles. Mas não se apegue á dor do que não mais será. Parece clichê, mas tente lembrar do começo que mora logo ao lado.
4. Você precisa ficar sozinha. Não sempre. Mas numa frequência considerável, dependendo do seu contexto. Você se sente bem quando o faz e se reconhece como gente. Também não fique muito…

5.

O reflexo da luz do poste na minha parede. O sol se pondo e iluminando o cabelo claro de minha amiga. As batidas frenéticas na porta quando nasce alguma novidade. O som no último volume - e ainda assim não alto o bastante - como trilha da limpeza. Os arco-íris que aparecem por tudo quanto é canto depois das 11h. Conversas dentro de minha casa que caminham horas a fio, até o dia se apagar lá fora. 
Quando morava com meus pais, meu lar eram vários lugares. O meu quarto. A parte de trás da porta do meu banheiro. A sacada. A cozinha durante a madrugada. Nesses espaços era onde eu mais me sentia viva. Como se eu pudesse me iluminar inteira de uma só vez. 
Hoje vejo que no meu lar há vida em todos os cantos. Minha. E de outros seres que, vez ou outra, resolvem fazer morada por aqui. Já mudei a mesa três vezes de lugar e, cada vez, tem mais gente de quem eu gosto ao redor dela. Minha casa é abrigo temporário. Casa de passagem. Retiro de memórias. E testemunha de transformações. 
Ela me viu em m…