terça-feira, 11 de março de 2014

Livro: Quem é você, Alasca?

Foto: Google Imagens

Sinopse

Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras que, cansado de sua vidinha pacata e sem graça em casa, vai estudar num colégio interno à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava à beira da morte, chamou de o "Grande Talvez". Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young, uma garota inteligente, espirituosa, problemática e extremamente sensual, que o levará para o seu labirinto e o catapultará em direção ao "Grande Talvez".



Bom, eu nunca havia lido nada do John Green, nem mesmo A Culpa é das Estrelas. Então, não sabia muito o que esperar. Não considero "Quem é você, Alasca?" romance, porque se trata de algo maior. Algo maior que o amor? Isso mesmo. Acredito que o autor tenha pesquisado muito, ou apenas tenha um certo conhecimento filosófico.



O jeito como ele explora a religião e a filosofia, chega a ter mais importância que a própria história. Esse é um livro para pensar, não para ficar prestando atenção nos fatos. Acho interessante a fascinação de Miles por últimas palavras, e achei muito bem construída a relação de amizade entre ele, Coronel e Alasca.

Falando em Alasca, não compreendi direito a personagem. Ela era rebelde, destemida, mas também muito sofrida. Eu creio que ela exista no mundo real. Devem existir milhões de Alascas que não saibam lidar com seus problemas. A forma como o suicídio de um adolescente afeta seus amigos, também foi interessante de se ver, me lembrou "As Vantagens de Ser Invisível".

O fato de mencionar-se o Labirinto da Dor, do qual muitas pessoas são inconscientes, foi criativo. E aliar isso com a Filosofia, foi melhor ainda. Mas, quem gosta de Romances pode se decepcionar. O livro passa longe do amor idealizado, ou até mesmo da possibilidade de se viver o amor. Quem curte conteúdo reflexivo irá amar.

Frases Legais
“Não posso ser uma dessas pessoas que ficam sentadas falando que pretendem fazer isso e aquilo. Eu vou fazer e pronto. Imaginar o futuro é uma espécie de nostalgia.”


“Percebemos tarde demais, quando perceber é inútil.”

“Simplesmente usamos o futuro para escapar do presente.”


"Somos capazes de sobreviver a essas coisas horríveis, pois somos tão indestrutíveis quanto pensamos ser."

Ficha Técnica

Nome: Quem é você, Alasca?

Autor: John Green
Editora: WMF Martins Fontes
Número de Páginas: 229

Ano: 2005



Então, é isso. Espero que vocês tenham gostado e que consigam ler o livro (:

2 comentários:

  1. Eu já li a culpa é das estrelas. É super lindinho! Não quero julgar o autor nem nada, mas eu achei que faltou um pouco mais de sentimentos em cenas que deveriam ser super chorosas. Mas ele não fez isso, o que me decepcionou. :( *tentando não mandar spoiler*
    E pelo que estou vendo, aconteceu com o mesmo neste livro.

    ResponderExcluir
  2. Sim, ele é frio em cenas fortes, por isso que eu estranhei quando li o livro. Vou tentar ler A culpa é das estrelas logo, todo mundo só fala desse livro kk

    ResponderExcluir

Pode comentar que eu não mordo :P

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...