terça-feira, 24 de maio de 2016

Playlist para Viajar.

Quem não curte uma musiquinha enquanto viaja (leia-se olhar para janela de forma pensativa como um clipe) que atire a primeira pedra. Poxa, se quando estou fazendo vários nadas no computador já amo cantarolar, imagina em movimento então :P

O feriado prolongado está chegando (para nossa alegria) e se você vai viajar como eu, vai amar o post de hoje. Fiz uma Playlist bem gostosinha nos últimos meses de músicas que, segundo minha humilde opinião, tinham a ver com viagem.

Não importa se são 14h de ônibus (meu caso, bjs) ou uma hora de avião. A música pode surgir nos lugares mais inesperados. É só aproveitar e dar o play.

Pra ver a minha playlist, é só clicar aqui :) Aproveita e também me segue no Spotify (@coralinechagas) pra gente trocar musiquinha ♥ 


Bom feriado e boa viagem pra quem vai sair de casa um pouquinho ;) 

Até um próximo post!

Follow my blog with Bloglovin

segunda-feira, 23 de maio de 2016

101 Coisas em 1001 Dias

Há alguns anos atrás, descobri a tag que é título desse post (no blog Depois dos Quinze). Na época, abri uma nova pasta do word toda contente para fazer a lista. Nela, listei 101 coisas que eu queria que fossem realizadas (em 1001 dias)

Confesso que algumas delas foram realizadas (leia-se 'aprender a fazer brigadeiro'), enquanto que outras ainda não aconteceram (como 'viajar para outro país' - coloquei de novo). 

Mas acabei nem controlando o tempo, então não tinha a menor ideia se haviam se passado 200 ou 500 dias desde que eu havia escrito o que eu queria. Hoje achei a pasta de novo e decidi atualizá-la. Dessa vez, fiz questão de colocar uma validade para ela (08/02/2019), já que eu a escrevi no dia 13/05/2016. 

Por mais que alguns dos nossos sonhos não se realizem, acho que a melhor parte disso é nos fazer refletir sobre o que queremos alcançar e nos lembrar também que precisamos agir para que a lista se torne realidade. Um item por vez. Baby steps, sabe? 

Outra coisa que também me surpreendeu foi o fato de muitos dos meus 'sonhos' listados não serem mais tãão importantes pra mim. O que prova a minha teoria de que se eu quisesse realmente, teria dado um jeito de realizar muitos deles. Quem sabe não consigo riscar algumas coisas dessa lista \o/ 

Ah, separei elas por categorias pra facilitar (ou dificultar hehe). E também fiz questão de colocar coisas mais possíveis de serem realizadas em 3 anos. Fiquem á vontade pra ler a lista! - ou pular pro final do post mesmo ;) 

Conhecimento
1. Aprender espanhol
2. Aprender alemão
3. Ter aulas de defesa pessoal (Muay Thai)
4. Fazer Faculdade de Publicidade
5. Fazer um curso de Audiovisual
6. Terminar o curso de Ciência Política (esse aqui)
7. Fazer a prova do Adwords
8. Fazer o TOEFL


Cozinha
9. Aprender a fazer molho de tomate natural
10. Aprender a fazer feijão
11. Aprender a fazer lasanha
12. Aprender a fazer fricassê
13. Aprender a fazer um bolo (bom)
14. Aprender a “fazer” salada
15. Aprender a fazer brigadeiro
16. Aprender a fazer arroz

Habilidades
17. Aprender a tocar violão
18. Aprender a tocar piano
19. Aprender a dirigir
20. Aprender a andar de bicicleta
21. Aprender a mexer em todas as funções da minha câmera
22. Aprender a desenhar
23. Aprender a passar delineador
24. Praticar o canto

Blog
25. Aprender a editar no Premiere
26. Aprender a programar
27. Aprender a fazer um aplicativo
28. Aprender a fazer Layouts
29. Aprender a mexer no photoshop
30. Fazer uma newsletter

Experiências
31. Ser hipnotizada
32. Pular de Paraquedas
33. Ser voluntária em um projeto
34. Ir a um show do Tiago Iorc
35. Ir a um show do Capital Inicial
36. Ir a um show da Clarice Falcão
37. Assistir um filme em um cinema de rua
38. Ir a um festival de música (menos sertaneja pf)
39. Ir ao cinema sozinha
40. Fazer uma tatuagem (3 tá valendo)
41. Ver neve
42. Ir a um luau
43. Ir ao Paintball
44. Andar de avião sozinha
45. Aprender a andar de ônibus (na cidade que vivo agora)
46. Praticar escalada (nos paredões, não em montanhas de verdade)
47. Ir sozinha ao lago da cidade onde eu moro
48. Morar em uma cidade maior que a que eu cresci (Praia Grande)
49. Andar a cavalo
50. Andar de Pedalinho
51. Cantar em um Karaokê
52. Conhecer um centro espírita
53. Conhecer um estúdio de tv
54. Ir a um programa de auditório
55. Ir a uma convenção geek
56. Conhecer uma redação de jornal
57. Conhecer uma editora de revista (o lugar em si, não uma pessoa)
58. Conhecer uma agência publicitária
59. Conhecer pessoalmente alguém com quem eu comecei a falar na internet

Compras
60. Comprar um pó para meu rosto
61. Comprar um guarda-chuva amarelo (fãs de himym entenderão)
62. Comprar uma câmera fotográfica (melhor que a minha atual)
63. Comprar a coleção Fazendo Meu Filme

64. Comprar um teclado

Sonhos
65. Gravar uma música
66. Cantar em uma apresentação

67. Escrever um livro
68. Trabalhar numa rádio
69. Dublar um personagem
70. Participar de um musical
71. Fazer um curta
72. Escrever um artigo
73. Trabalhar na produção de um filme
74. Escrever músicas
75. Fazer algo importante pelos meus pais
76. Fazer Intercâmbio

Viagens
77. Viajar com alguma amiga para um lugar que nós não conheçamos
78. Viajar para conhecer um país
79. Viajar sozinha para algum lugar desconhecido
80. Conhecer um estado que eu não conheça do Brasil
81. Morar fora do país (nem que seja alguns meses)
82. Viajar com um grupo de amigos
83. Fazer uma roadtrip (dentro ou fora do Brasil)

Pessoal
84. Ter mais amor-próprio
85. Amar alguém (desculpa, mas nunca rolou esse lance de amor por aqui)
86. Ser menos tímida
87. Correr mais atrás do que eu quero

Self Improvement (não achei uma boa tradução pra palavra)

88. Transformar a meditação em um hábito
89. Melhorar minha postura
90. Comer Frutas (pelo menos 3x por semana)
91. Beber água todos os dias
92. Caminhar três vezes por semana (ou só duas, vai).

Diversos
93. Ler o Código Civil Brasileiro
94. Ver todas as temporadas de Gossip Girl, Ghost Whisperer e The O.C.
95. Ler 1984 e A Revolução dos Bichos
96. Tirar meu passaporte

97. Postar um cover (inteiro, não só 40s)
98. Arrumar um emprego (ou algum freela que dê dinheiro)
99. Me desligar da internet por 21 dias
100. Tirar dinheiro do banco
101. Comprar carne sozinha no açougue



Bom, essa foi a minha lista! Desafio qualquer ser humano aí (que estiver disposto) a fazê-la e correr atrás para realizá-la. 

Até um próximo post!

Foto: We Heart It

Follow my blog with Bloglovin

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Awesome do Mês: Abril

O 4º mês do ano não tem 31 dias, mas ele pareceu ser o mais longo da minha vida. Como me mudei no final de Março, Abril foi dedicado a me acostumar com uma nova rotina. E parece que quando tudo é novo, o tempo demora mais pra passar, já que não entramos de cara naquele piloto automático. 

Se a vida esteve cheia de novidades, o blog pareceu uma série com hiatos gigantes. Fiz um singelo post com um resumão de tudo que rolou em Março. Também participei de um desafio no instagram ao postar uma foto durante 7 dias consecutivos. 

Foi legal fotografar algo que resumisse o meu dia, confesso que me fez apreciar mais as pequenas coisinhas do cotidiano. Bom, é isso. Já podem confrir a lista :)

Links 
Muda que a vida Muda
How to hire people to love
13 Fotos autoexplicativas sobre as diferenças entre homens e mulheres
A Distância não anula o que você mudou em mim



Youtube
Dica do Primo Lucas
Não me convide para jantar!
Destruindo o cabelo.
Trote Metropolitana - Clone da Betty
Jeitinho Brasileiro
Vão limitar a internet do Brasil? #internetjusta
Vencemos? #InternetJusta
Gregório Duvivier e o tabu no humor
Always #LikeAGirl
GREGÓRIO DUVIVIER: Precisamos falar sobre Temer


Mariana Nolasco - Ela só quer paz (Cover)
Uma santa alma compartilhou o vídeo acima no Facebook e eu o ouvi. Meia hora depois, eu já sabia a letra de cor de tanto que tinha dado play. Eu conheço a Mariana Nolasco há alguns anos, mas não acompanhava muito seu canal (o que mudou depois desse dia). 

Não conhecia a música e fiquei o mês inteiro cantarolando pelos cantos da casa "hoje ela só quer paz...". Me faz um favor, só escuta essa voz e vai ser feliz <3

Glen Hansard - Everytime (Cover)
Se você já assistiu o musical Once ou leu esse post que eu fiz sobre a Trilha Sonora do filme, sabe que Glen Hansard tem uma voz maravilhosa. Dias desses, estava eu perdida no universo do youtube, quando me deparei com esse vídeo acima. 

O cara cantou uma das músicas mais bonitas da Britney Spears e fez questão de trazer toda sua carga emocional junto da letra. A versão ficou incrível e confesso que gostei mais de "Everytime" nesse ritmo.  

The Killers - Runaways 
Spotify me proporcionou uma descoberta e tanto durante Abril. Encontrei por acaso a música "Mr. Brightside" do The Killers. E depois de ouvi-la, me vi engolindo vários álbuns deles. O que só fez com que eu pensasse "por que eu nunca escutei essa banda antes?". 

Apesar de ter desenvolvido um amor platônico por várias músicas, a minha favorita de longe foi a "Runaways" ♥

Entrevista com Tiago Iorc no The Noite
Após o lançamento de "Troco Likes", passei a seguir não só as músicas de Tiago Iorc, mas também qualquer coisa em que o cantor desse as caras. E confesso que passei a gostar ainda mais dele depois que assisti suas entrevistas. 

Em Abril, ele apareceu no The Noite e fez até um coverzinho de um funk do Mc Brinquedo. Um dos melhores programas da história ♥
 
Plataforma Lattes
Durante o mês, acabei me envolvendo em um projeto acadêmico. Logo que entrei na faculdade, soube que existia a iniciação científica e decidi me inscrever nela. Para completar o processo, precisei cadastrar meu currículo na plataforma lattes. 

Pra quem não sabe, o site nada mais é, do que um sistema recheado de currículos que geralmente é usado no meio acadêmico (leia-se produção de artigos, bolsas científicas, mestrados e doutorados). Fica a dica pra quem quiser tiver interesse na área :) 

Continuum
Foto: Google Imagens
Durante uma aula na faculdade, um professor indicou o seriado Continuum. Fui assistir um episódio e acabei sendo hipnotizada pela série canadense (a primeira temporada tem no netflix!). 

A história se passa no ano de 2077, quando as corporações passaram a comandar a sociedade. Kiera (moça com maior destaque na foto) trabalha para uma delas e a ajuda a combater os terroristas que ameaçam a cidade. Muitos deles são presos e condenados á morte. 

Quando isto está perto de ocorrer, eles colocam seu plano em prática e são transportados (levando acidentalmente Kiera junto) para o ano de 2012. Agora, cabe somente a ela prendê-los e evitar que o grupo ganhe força 65 anos antes. 

A série é bem bacana, especialmente pelos flashbacks na história. Ela tem 4 temporadas, mas por enquanto, eu só achei a primeira e segunda legendada. Quem aí souber, pode me passar links! 

Brasil muito além de Cidadão Kane
Durante outra aula na faculdade (desculpa gente, estou empolgada), um professor meu recomendou (meio que obrigou hehe) o documentário acima. Produzido pela BBC de Londres em 1993, ele conta a história da TV Globo e mostra por meio de fatos, como ela pode manipular a sociedade. 

Aviso: não é uma teoria da conspiração, o documentário simplesmente mostra a história por detrás do que vemos na telinha.
 
"He took his skin off for me"
Minha amiga me mostrou esse curta e eu fiquei simplesmente fascinada. Na história, uma moça pede para seu namorado tirar a pele por ela. Loucura, não? E ele a tira. No vídeo acima, é mostrado como ele se sente após fazer isso por ela. 

Antes que vocês pensem que eu fiquei mais louca, reflitam que tudo é uma metáfora. E no caso do curta, ela se trata de relacionamentos abusivos. Deem o play pra ficarem tão agoniados quanto eu ao ver esse cara sem pele. 


E aí, gostaram? Confesso que (na minha humilde opinião), esse foi um dos melhores resumões que eu já fiz. Gostei muito de tudo que eu conheci e indiquei aqui. Espero que vocês curtam tanto quanto eu.

Até um próximo post!

Follow my blog with Bloglovin

domingo, 1 de maio de 2016

Fui tentar ser independente logo ali, mas já volto.

Independência dói. Como a dor do primeiro amor não correspondido ou da primeira não aprovação no vestibular. É uma daquelas dores que você sabe que não tem como fugir, mas mesmo assim, a frustração e as lágrimas por detrás dela continuam caindo. 

A tua cabeça entende que o amadurecimento faz parte da vida, mas o coração insiste em doer: de saudade, de frustração e impotência. Se acostumar a viver em um lugar diferente é mais difícil do que a gente imagina. 

As primeiras semanas são um paraíso. Você conhece gente nova, descobre as belezas do lugar novo. E confesso que essa parte é maravilhosa. É incrível, na verdade. A tua alma acredita que o seu corpo está viajando e faz questão de te deixar bem á vontade para que você aproveite tudo ao máximo. 

Mas assim que as novidades param de aparecer, surge a pretensão de que você já conhece tudo e todos. Esse sentimento mata. Mata, porque ele te faz refletir. E é aí que a ficha cai: você está sozinha. 

Se distanciar de tudo e de todos é ótimo, mas não ter nada familiar por perto quando algo dá errado é difícil. Não me leve a mal, não sou ingrata nem nada do tipo. Morar sozinha em outra cidade tem suas vantagens. 

Ter a oportunidade de ser alguém diferente de quem você foi a vida inteira é uma chance para poucos. Viver em um novo lugar e se descobrir é algo fantástico. Mas é uma daquelas fases, sabe? 

Em que você se questiona se gosta de quem é no momento ou se não faz a menor ideia de quem quer se tornar. Essas mini crises existenciais fazem com que a gente tenha vontade de chorar em posição fetal no meio da rua, mas confesso que elas me fazem um bem danado. 

Eu posso não saber quem eu sou ou quem quero ser. Posso nem ter a mínima ideia se mudar de cidade foi uma boa escolha ou se ficar lá em casa no meu cantinho era o mais certo. De verdade, eu não tenho certeza sobre nenhuma dessas coisas. 

Mas eu sei que eu não me satisfaço em apenas viver. Acordar, estudar, comer, sair com os amigos e dormir. Nada disso me torna plena como ser humano. Mas analisar cada cantinho do que eu vivo me completa. 

Escrever sobre o que acontece comigo me torna mais felizinha e eu confesso que cansei de fugir disso. A vida estando incrível ou péssima, eu preciso extrair essas palavras que se acumulam dentro de mim. 

Nenhum amigo, brigadeiro ou parente conseguem suprir essa falta que faz quando eu não me expresso. Então, é isso. Eu tô de volta ~ mais uma vez ~ (já cansei de dizer isso por aqui, mas não consigo evitar). 

Em outra cidade, com outra paisagem na janela, mas com a mesma cara de bolinha ao publicar um textão no blog de sempre. O "Fases de Alice" voltou. Mesma Alice, outra fase.  

Texto: Carol Chagas
Foto: We Heart It  

Follow my blog with Bloglovin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...