sábado, 5 de julho de 2014

Dicas de Filmes I

Eu posso estar viajando, mas mesmo assim vocês não irão se livrar de mim haha. Okay, vamos ao que interessa. Passei pra avisar, que aos sábados, durante o mês de Julho, vou fazer posts indicando 5 Filmes que (de acordo com a minha opinião) valem a pena serem assistidos. E como esse é o primeiro sábado de Julho, vamos lá!

Crazy, Stupid, Love (Me recuso a usar o título em Português)
Nem sei o que falar desse filme. Fui atraída (Sim, atraída) por ele, ao ver o elenco. Ryan Gosling, Emma Stone, Steve Carell, Julianne Moore, e por aí vai. 

É aquele tipo de comédia que apresenta vários núcleos e perspectivas com diferentes personagens, mas que de alguma forma, todas essas histórias e pessoas se interligam. É uma comédia pra se lembrar mesmo depois do filme acabar.

Sinopse: Cal (Steve Carell) descobre que sua mulher (Julianne Moore) o está traindo, quando ela termina com ele. Os dois eram namorados de colégio, e eram casados há mais de 20 anos. 

Agora, ele precisa lidar com a separação, e com seu status de solteiro. E é Jacob Palmer (Ryan Gosling) quem o irá ajudar. Ps: O filme tem mais histórias, ok?
  
A Culpa é das Estrelas
Antes que me chamem de poser, eu assumo. Não li o livro, okay? Okay. Hehe. Mas sério, agora. Mesmo não tendo lido o livro, achei o filme muito lindo. E quem o leu, concorda comigo. A história de Hazel e Gus (Tô íntima kk) é emocionante. Não é uma história sobre o amor, é sobre a vida e a morte. 

Sobre quem somos e quem deixaremos de ser. Para mim, a melhor parte foram as frases impactantes. Com certeza, é um filme reflexivo. Do tipo que faz você pensar, mesmo depois que as luzes se acendem. Ps: A química entre os atores fez toda a diferença para a história.

Sinopse: Hazel Grace (Shailene Woodley) é uma adolescente que foi diagnosticada com câncer desde os 13 anos, mas que possui uma visão bem verdadeira de sua doença. Quando é forçada a participar de um grupo de apoio cristão, conhece Augustus Waters (Ansel Elgort) e os dois se apaixonam. 

O Verão da Minha Vida
Esse é um daqueles filmes que você não espera muito, mas que te cativa e faz você se identificar com a história. Os personagens são muito reais, e é impossível não reconhecer alguém com as mesmas características. 

O filme é produção independente e fala sobre as relações familiares, autoconhecimento e dramas que qualquer pessoa passa. Eu adorei e realmente espero uma continuação.

Sinopse: O filme realmente se passa durante um verão, e mostra a vida de Duncan (Liam James), que tem pais separados e que agora precisa aguentar o padastro arrogante e machista (Steve Carell. Sim, ele não é legal e simpático nesse filme) com quem sua mãe namora. 

Nas férias, ela decide levá-lo para viajar com o padastro e sua filha. Eles vão para a praia e lá, Duncan descobre um mundo novo, pessoas e até mais sobre ele mesmo.

Enquanto Você Dormia
Esse filme é uma comédia romântica dos anos 90. Antes que você saia do blog, espere. A história é realmente boa e tem até a Sandra Bullock no elenco. E eu A-M-O a Sandra Bullock. Sério, ela é uma das minhas atrizes favoritas. 

Mas então, o filme é muito divertido e é o tipo de comédia antiga que eu sinto falta nos cinemas de hoje. É claro que possui alguns clichês, mas a história é original onde é preciso ser, e aí está a graça. O filme é maravilhoso, e rende boas gargalhadas.

Sinopse: Lucy (Sandra Bullock) é uma bilheteira no metrô e possui uma paixão platônica por um dos passageiros (mesmo sem nunca ter falado com ele). Até que um dia, ele é assaltado e cai nos trilhos, e ela o salva. O cara fica em coma. 

Mas de alguma forma, a família quando o encontra, entende que Lucy é noiva dele, e ela simplesmente não consegue dizer a verdade, pois começa a gostar da família. E agora, ela terá que enfrentar Jack, o irmão do cara em coma (seu cunhado?), que desconfia de sua história e ao mesmo tempo, possui muitas coisas em comum com ela.


Ruby Sparks
Esse é o tipo de filme que esconde uma mensagem em seu enredo. Eu o classifico como uma comédia séria (Não sei se faz sentido). Fala sobre como tentamos controlar os outros e quando não conseguimos, ficamos insatisfeitos e desistimos. 

O filme mostra o porquê alguns relacionamentos não dão certo e sobre o que é a solidão. A história utiliza a imaginação para criar o absurdo, que de tão irreal se torna concreto. Ps: A atriz principal é também a roteirista do filme.

Sinopse: O romancista Calvin (Paul Dano) sofre com um perturbador bloqueio criativo que atrapalha o desenvolvimento de seu último livro. Com problemas também em sua vida pessoal, começa a criar uma personagem feminina que poderia se apaixonar por ele. 

Daí nasce Ruby Sparks (Zoe Kazan), que inicialmente é uma personagem dentro de uma história, mas que pouco depois ganha vida e passa a conviver e se relacionar com Calvin pessoalmente.

E aí gostaram? Sábado que vem tem mais dicas de filmes.

Fotos: We Heart It, Tumblr e Google Imagens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode comentar que eu não mordo :P

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...